Glossário

Acordo Sykes-Picot –  Foi um ajuste secreto entre os governos do Reino Unido e da França, de 16 de maio de 1916, que definiu as suas respectivas esferas de influência no Oriente Médio aós a Primeira Guerra Mundial. O Reino Unido recebeu o controle dos territórios correspondentes, grosso modo, à Jordânia e ao Iraque, bem como uma pequena área em torno de Haifa. A França ganhou o controle do sudeste da Turquia, da Síria, do Líbano e do norte do Iraque. As duas potências ficaram livres para definir as fronteiras dentro daquelas áreas. A Palestina seria colocada sob administração internacional, aguardando consultas com a Rússia e outras potências. O acordo é tido como um ponto de inflexão nas relações entre os árabes e o Ocidente, já que contrariava as promessas feitas aos árabes no sentido de criar-se uma nação em território sírio em troca de apoio aos esforços de guerra britânicos contra o Império Otomano.

Al Qaeda – (القاعدة, “O Alicerce” ou “A Base”) é uma organização islâmica internacional, constituída por células colaborativas e independentes que tem por objetivo reduzir a influência não-islâmica sobre assuntos islâmicos. A estrutura organizacional da Al-Qaeda e a ausência de dados precisos sobre seu funcionamento são fatores que dificultam estimativas sobre o número de membros que a compõem e a natureza de sua capacidade bélica.

Arca de Gaza – é um barco que vem sendo construído em Gaza pelos palestinos, com ajuda internacional. Quando estiver concluído será utilizado para exportar produtos fabricados na Palestina, garantidos por acordos comerciais com empresas internacionais e ONGs, rompendo o bloqueio unilateral e ilegal imposto por Israel

Conferência de Berlim – A Conferência de Berlim, realizada entre 19 de Novembro de 1884 e 26 de fevereiro de1885, teve como objetivo organizar, na forma de regras, a ocupação da África pelas potências coloniais e resultou numa divisão que não respeitou, nem a história, nem as relações étnicas e mesmo familiares dos povos do Continente. Participaram do Congresso Portugal, Alemanha, Grã-Bretanha, França, Espanha, Itália,Bélgica, Holanda, Dinamarca, Estados Unidos da América, Suécia, Áustria-Hungria e o Império Otomano (Turquia).

Custo de Oportunidade – termo aplicado em teoria econômica que representa o custo associado a uma determinada escolha medido em termos da melhor oportunidade perdida. Em outras palavras, é o valor que os agentes econômicos atribuem à melhor alternativa de que prescindem quando fazem uma escolha.

Declaração Balfour – No dia 2 Nov 1917, o Governo britânico reconheceu a “Declaração Balfour – de seu Ministro do Exterior Arthur James Balfour – que concedia o direito do estabelecimento de um lar judeu na Palestina. O texto, dirigido a Lord Rothschild, descendente da “família judia mais rica do mundo”, dizia o seguinte: “O Governo de S. M. vê, de modo favorável, o estabelecimento de um lar nacional para o povo judeu na Palestina e fará todos os esforços para facilitar a implementação deste projeto, seguro de que tal concessão não poderá causar qualquer prejuízo aos direitos civis e religiosos dos povos não-judeus residentes na Palestina, como também não prejudicará os direitos e a situação política de que desfrutam os judeus em todos os países. Ficarei muito agradecido se você transmitir essa declaração aos conhecimento da Federação Sionista. Com o maior afeto. Assinado: Arthur James Balfour”. (Cfr. Hussein Triki, in “Eis aqui Palestina”, pg. 74).

Intifada– (انتفاضة) termo árabe que significa “tremer” ou um despertar abrupto, ou súbito, de um sonho ou inconsciência. Politicamente, a palavra foi empregado para designar dois fortes movimentos da população civil palestina contra a presença israelense nos territórios ocupados, na Faixa de Gaza e Cisjordânia. O termo surgiu em dezembro de 1987, com o levante espontâneo contra a ocupação israelense que ficou conhecido como “Primeira Intifada” ou “guerra das pedras”. A segunda intifada ocorreu em setembro de 2000 após a provocação de Ariel Sharon ao visitar a Esplanada das Mesquitas, e foi chamada de intifada de Al-Aqsa.

Mujahidin – (مجاهدين) é a forma plural de mujahid (مجاهد), que se traduz literalmente do árabe (muǧāhidīn), como “combatente” ou “alguém que se empenha na luta”, embora o termo seja freqüentemente traduzido como “guerreiro santo”. Mujahid designa também aquele que combate pela pátria, por seu povo, por seu Estado, por sua família ou pelo bem da coletividade.

Primavera Árabe – é como ficou conhecido pela mídia ocidental a onda de levantes populares incitada e patrocinada pela CIA que vem ocorrendo no Oriente Médio e no Norte da África desde dezembro de 2010, e que já causou a deposição dos governos da Tunísia e do Egito e uma guerra civil na Líbia – cujos insurgentes contam com apoio militar da OTAN. Manifestações também tem sido registradas na Argélia, Bahrein, Djibuti, Iraque, Jordânia, Síria, Omã, Iêmen, Kuwait, Líbano, Mauritânia, Marrocos, Arábia Saudita e Sudão, sempre caracterizados por campanhas sustentadas envolvendo greves, depredação, protestos, passeatas e comícios, bem como o uso das mídias sociais para organizar os movimentos. O objetivo da CIA é desestabilizar os governos islâmicos para justificar ações militares dos EUA no Oriente Médio e garantir a hegemonia americana nesta região rica em petróleo.

Taleban (طالبان, “estudantes”) é um movimento islâmico nacionalista que se difundiu no Paquistão e, sobretudo, no Afeganistão, a partir de 1994 e que, efetivamente, governou o Afeganistão entre 1996 e 2001, até a invasão do país pelos Estados Unidos, que estabeleceu um governo títere. O Taleban nasceu como movimento político-militar contra a invasão soviética do Afeganistão e tem por objetivo a criação de um Estado teocrático fundamentado nos principais aspectos do Islã (cultural, social, jurídico e económico).

Transparência Internacional (TI) é uma organização não-governamental que tem como principal objetivo a luta contra a corrupção. Foi fundada em março de 1993 e encontra-se sediada em Berlim. É conhecida pela produção anual de um relatório no qual se analisam os índices de percepção de corrupção dos países do mundo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Estatísticas

  • 39,816 visitas
%d blogueiros gostam disto: